Reconhecimento nasal para animais

E se fosse possível identificar o seu cão, pelo padrão único do focinho?


Baseada na técnica de reconhecimento facial para humanos através de inteligência artificial em que a startup chinesa Megvii se especializou, desenvolveu agora a mesma tecnologia mas com um novo algoritmo aplicado ao reconhecimento do focinho/nariz dos “patudos”, ou seja, à sua “impressão nasal”.

Ainda que possa parecer saído de um argumento da série “Black Mirror”, existe fundamento científico que reconhece esta premissa em que, assim como os humanos têm impressões digitais únicas, o mesmo sucede com os narizes dos cães. Foi com base nesta premissa que , a empresa chinesa decidiu explorar as capacidades desta realidade.

Assim, a Megvii desenvolveu um algoritmo que reconhece cada cão pelo seu padrão único do nariz e o aplica na app que desenvolveu, sendo capaz de estabelecer uma correspondência com uma taxa de 95% de sucesso.
Esta app permite registar os detalhes nasais do animal, através da câmara do smartphone e a partir dessa fotografia, a aplicação fará uma digitalização do padrão único do nariz do cão.


Desta forma a Megvii afirma ter já reunido com seus donos mais de 15 mil animais de estimação que se haviam separado, ou perdido.

  • A biometria aplicada ao nariz do seu cão

Na China, e de acordo com a própria Megvii, o reconhecimento nasal será também utilizado como forma de controlo e registo dos animais, sobretudo para casos de “maus comportamentos” do animal, ou dos seus humanos, podendo ser também utilizada para identificar casos de maus tratos e ocorrências puníveis por lei.

Deixe a sua opinião sobre esta tecnologia!

No Comments

    Leave a Reply

    WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com