Lisboa – Animais abandonados vão ter famílias de acolhimento –

A Câmara Municipal de Lisboa está a criar uma rede de famílias de adopção temporária para animais abandonados, comprometendo-se a suportar os custos de veterinário e alimentação dos mesmos.

Esta pode ser uma forma de aliviar a lotação dos canis, e permitir a esses animais estarem junto de uma família.

Em declarações à agência Lusa, Marisa Quaresma dos Reis, a nova provedora da Casa dos Animais de Lisboa, quer combater a alta lotação enquanto a organização não sofre ampliações, para isso, serão constituídas famílias de acolhimento voluntárias para receber os animais abandonados temporariamente.

Segundo a provedora, esta medida pretende,

“resolver parcialmente, ou pelo menos dar uma resposta imediata ao problema de falta de lotação da Casa dos Animais de Lisboa”.

A ideia será recrutar um terceiro perfil de voluntários da Casa dos Animais de Lisboa que serão as famílias de acolhimento temporário, o que implicará uma alteração ao próprio regulamento, que à partida já está em fase de aprovação final”,

 

A Câmara Municipal recebeu bem a ideia e o programa irá avançar brevemente.

Quem tiver interesse em candidatar-se para família de acolhimento, terá de se inscrever na Casa dos Animais e ainda

“mostrar a sua idoneidade através da apresentação do registo criminal e declaração da Junta de Freguesia”.

“Não há qualquer gasto para as famílias de acolhimento temporário que forem voluntárias da Casa dos Animais”

explicou, acrescentando que serão os municípios que irão suportar os custos visto que as famílias terão

“acompanhamento médico-veterinário e ainda acompanhamento relativamente à alimentação.

O que eu quero fazer com esta oportunidade é chegar à população e sensibilizá-la para a questão do bem-estar animal”,

sublinhou Marisa Quaresma dos Reis.

À semelhança do que acontece em alguns outros países, talvez a criação de uma rede de esterilização não esteja assim tão longe.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *